Espaço do Leitor: a história de Marta, surda oralizada italiana

8 palpites

  1. SôRamires disse:

    Ótima história, eu também adoro saber como os surdos de outros países vivem. E gosto ainda mais quando vejo uma pessoa surda que não vive a surdez como um problema. Parabéns por seus achados Lak. 🙂

  2. Deni disse:

    Eu também sou curiosa para saber como vivem os surdos em outros países! 🙂
    E Lak, abusando da sua paciência, será que você poderia encaminhar o meu e-mail a ela, ou passar o dela? Adoraria trocar figurinhas! Estudei a língua italiana e tenho planos de ir para a Itália logo…

    Bjão!

  3. Simone disse:

    Sempre que você souber alguma história de surdo(a) em outros países fora do Brasil, coloque no seu blog, sim??? Eu sou curiosa também, aliás, não sou a única, pois acredito em que há gente que quer saber como é o mundo do(a) surdo(a) lá fora.
    Beijos.
    Simone.

  4. Greize disse:

    Sou super curiosa, para conhecer outros países, cultura, tdo.Obrigada Lak por nos dar essas informações, vi um documentário frânces ótimo, sobre como é a inclusão dos surdos, nas escolas da França.Que exemplo.
    Bjos
    Greize.