ABI – Implante de Tronco Encefálico

5 palpites

  1. Eliane disse:

    Que interessante! vivendo e apredendo.
    Mais uma opção graças a tecnologia. 🙂

  2. Carlos disse:

    Olá Lak, primeiro, parabéns pelo blog!
    Tenho 26 anos e sou portador de neurofibromatose tipo II, um distúrbio genético que causa tumores (neurinomas do acústico). Já retirei um (lado esquerdo), e as sequelas, infelizmente, é a perda auditiva devido a retirada do nervo auditivo. Estou lutando com a audição que me sobrou (lado direito), mas creio que, uma nova cirurgia e suas sequelas, é só questão de tempo. Não sabia que apenas 13 pessoas no Brasil todo possuem o ABI de tronco encefálico, muito pouco… Como possível candidato a essa tecnologia, peço que, se alguém é usuário dela, mande suas experiência para a Lak para a mesma divulgar. Tenho bastante interesse.

    Grato,
    Carlos

    • laklobato disse:

      Carlos,
      bem vindo ao DNO (é a sigla do nome do blog).
      São apenas 13 usuários, porque até pouco tempo, a tecnologia do ABI não era muito promissora e houve uma pausa na realização dessa cirurgia. Mas, soube que ela sofreu modificações, evoluiu e volta ao rol de cirurgias disponíveis a pleno vapor, então considere-se candidato, se você assim quiser.
      Enquanto não acho um usuário para divulgar sua experiência aqui no DNO, fica uma sugestão de leitura, do livro de um usuário bastante conhecido do ABI: “A Vida No Presente, de Bruno Tamassia http://bei.com.br/livros/ciencia-e-saude/a-vida-no-presente-%E2%80%93-memorias-de-um-paciente-de-neurofibromatose/
      Espero que goste, viu.
      Boa sorte com a luta pela audição.
      Beijocas

  3. Carlos disse:

    Obrigado Lak,

    Obrigado também pela indicação da leitura. Fico no aguardo, caso surja mais informações sobre o ABI de tronco encefálico.
    Muito sucesso!
    Bjs,
    Carlos