Categoria: Deslumbramentos Sonoros

Imagem borrada dos músicos. Dá pra ver apenas a silhueta avermelhada deles no palco.

O ritmo do coração

Vinte e quatro anos e nove meses…. Faz tempo que o blog anda focado em assuntos de acessibilidade e histórias de superação através do Implante Coclear, né? Mas hoje, um texto especial para quem...

Vozes do além

Hoje, dei graças aos deuses por não ter medo de estar ficando louca. Senão, já pensou? Estava eu no metrô aqui de Sampa, quando ouvi uma voz dizendo qual seria a próxima estação. Nunca...

Desenhando de ouvido

Como tenho estado com muita coisa na cabeça – que não vou listar aqui, porque o blog é para ajudar os outros e não meu divã particular – tenho tido muita insônia e, por...

Ouvido biônico

Ouvido biônico

Eu e Edu vínhamos andando pela rua. O carro estava na oficina, o que obrigou-nos a deixar a preguiça de lado e caminhar. Caminhar em São Paulo parece não ser um passatempo dos mais...

É carnaval!

É carnaval!

Ontem a noite, abri uma lata de leite condensado para fazer um creme e resolvi fazer uma coisa que  não fazia há anos: raspar a lata com a colherinha. Adorava fazer isso quando criança,...

Sonoridade ácida

Pedi um suco de laranja. Ora bolas, o que teria de especial num mero suco de laranja? É só um suco de frutas. E nem é das frutas mais exóticas. Ainda se tivesse pedido...

É o refrão!

Uma das coisas que os ouvintes parecem ter obcessão de me perguntar é sobre música. Para uma pessoa que sempre ouviu, parece impensável que dá pra viver uma vida boa e plena sem ouvir...

Enfrentando o dentista com implante coclear

Engraçado como, ultimamente, eu me pego prestando atenção nas adaptações que fiz, ao longo da vida, pra suprir a ausência da audição. E fico impressionada com a capacidade de adaptação do cérebro que, pela...

Delícias sonoras [2]

Delícias sonoras [2]

Então a gente vai se permitindo as mudanças… Sou resistente a mudanças, confesso. Gosto de rotina, gosto das coisas previsíveis e de poucas surpresas. Mas, de vez em quando, é gostoso curtir uma pequena...

E VIVA! a vida!

Não sou de assistir novela, simplesmente por falta de hábito. Quando criança, assistia sim, embora não visse todos os capitulos, porque às vezes, os perdia por estar brincando. Mas aí, eu fiquei surda e...