Em Alto e Bom Som – Livro

Imagine um livro sobre dezenas de vidas transformadas pelo implante coclear. Imagine agora, que essas histórias sejam de artistas. Gente com a sensibilidade à flor da pele. Gente que não apenas quebrou o silêncio, mas que junto com isso, extraiu a mais criativa essência da poesia sonora, canalizada em múltiplas formas de arte. Imaginou que lindo seria?

Pois você não foi o único a imaginar isso. A diferença é que duas fonoaudiólogas muito especiais, Valéria Oyanguren e Raquel Stuchi foram além e trouxeram toda essa magia traduzida em palavras, reunidas nas páginas do livro “Em Alto e Bom Som”, que acaba de ser publicado pela Iartes.

Confesso que já tive o prazer de ter uma cópia em mãos e, claro, o DNO compõe um dos capítulos do livro!!

Capitulo8

Olha, nem conto pra vocês quantas lágrimas as histórias me arrancaram (inclusive a minha, que eu mesma quem contei, mas me emocionei muitíssimo com o resultado impresso). Só digo que vale a leitura, que vale ter em casa, que vale dar de presente, que vale ler e reler milhares de vezes. Não porque eu estou no livro, mas porque é um resumo das milhares de milhares de vidas que são transformadas diariamente pelo implante coclear, pelos médicos e fonos que escolheram trabalhar conosco.

Gostaria de convidá-los para o lançamento deste livro, no próximo dia 19 de setembro de 2015. Aqui em São Paulo. Segue o convite:

LancamentoEmAltoEBomSOm

Para quem acha que não consegue ir nessa data, mas consegue ir no Café com IC da Lak Lobato haverá exemplares disponíveis para venda, no evento. No mesmo esquema de verba convertida no Programa Espaço Escuta de Norte a Sul.

Gente, esse livro está de babar!!

Beijinhos sonoros,
Lak

3 palpites

  1. Parabéns Valéria e equipe!!!

  2. Maria Conceição Costa Santos disse:

    Lak acabei de ver a reportagem sobre seu livro e o motivo dessa é para pedir ajuda.
    Conheci um homem que tem 32 anos e seu nome sempre foi “mudo” com o tempo percebemos que ele ouve muito pouco de um ouvido. Mora em um lugar precário qto a saúde pública. Sei que se ele conseguir uma boa avaliação e aparelho auditivo poderá ouvir.
    Está morando em São Gonçalo do Gurguéia PI.
    Por favor ajude José Ribamar, cel.0189981104878 Luzia

    • Lak Lobato disse:

      O livro não é meu, sou apenas uma das personagens deste livro.
      Vou ver como conseguir entrar num programa do SUS no Rio, porque não tenho essa informação comigo. Mas, acredito que a LIBRAS (língua brasileira de sinais) seria um excelente recurso para ele.
      Abraços