Estenotipia: Legenda em eventos ao vivo

Assisti a uma audiência na Câmara Municipal em abril que, por se tratar da Lei Brasileira da Inclusão, trazia acessibilidade para pessoas com deficiência auditiva de todas as formas necessárias: Intérprete de LIBRAS e legenda ao vivo.

Logo na abertura do evento, eu comecei a espiar as legendas, para ver o tempo de delay entre a fala do orador e o aparecimento das legendas. Imediatamente, percebi que era um atraso quase insignificante. Se chegava a 3 segundos era muito.

De tão encantada que fiquei com aquela legenda, que foi super útil algumas horas (era um debate e nem todo mundo tinha boa oratória e nem todos os microfones estavam no volume certo) que resolvi entrar em contato com a Real Time Caption, responsável pelas legendas daquele evento para bater um papo e trazer mais informações aqui pro DNO sobre:

Como é feita Legenda ao Vivo em eventos, palestras e afins

Equipe da Real Time Caption mostra estenótipos, aparelhos parecidos com máquinas de escrever modernas que permitem que digitem uma média de 180 palavras por minuto.

DNO: Alberto, conte para nós como é feito o treinamento de um legendador que transcreve um evento?

Alberto: Lak, a Real Time Caption é uma empresa de estenotipia, que é a tecnologia mais eficiente no mundo para legendagem ao vivo. Para se formar um estenotipista com capacidade para legendar ao vivo, demora, em média, 03 (três) anos. E, mesmo depois de formado, o profissional estenotipista se atualiza diariamente para enriquecer seu banco de dados.

DNO: No debate na Câmara, percebi que a margem de erros era insignificante. Vocês utilizam algum sistema de transcrição automática computadorizada ou tudo é feito “à mão”?

Alberto: Tudo é feito à mão e ao vivo por um estenotipista. O estenotipista escuta e estenotipa (digita) tudo ao vivo, além de pontuar o texto e identificar todos os oradores que utilizaram da palavra, em tempo real. Mas vale lembrar que a qualidade da legenda se dá, única e exclusivamente, pelo nível técnico do estenotipista, ou seja, pela preparação e experiência do profissional.

DNO: O delay costuma ser um dos maiores pontos fracos das legendas ao vivo. Como a Real Time Caption consegue atingir uma qualidade tão boa com um atraso tão pequeno?

Alberto: Lak, esta performance é atingida com estenotipistas bem treinados e preparados tecnicamente para legendar ao vivo. Conforme expusemos na questão anterior, o que faz uma legenda ao vivo ter boa qualidade e delay baixo é a qualidade técnica do profissional estenotipista: que tem que ser capaz de digitar a uma velocidade média de 180 palavras por minuto com precisão. Para isso, a Real Time Caption capacita os seus estenotipistas constantemente, com treinamentos personalizados, para que todos os estenotipistas de nossa equipe atinjam e mantenham este bom nível.

DNO: Outro problema que pode ocorrer é quando o estenotipista desconhece alguns termos técnicos usados no evento. Como é feito o preparo prévio? Vocês recebem algum material, para se familiar com os termos?

Alberto: Recebemos. Sempre quando vamos legendar algum evento, nós pedimos para os organizadores a pauta do evento, bem como, os nomes dos participantes, para que os estenotipistas possam se inteirar do tema que será discutido e adicionar os nomes em seus bancos de dados. Com estas informações em mãos é possível se preparar para legendar qualquer tipo de evento com qualidade.

DNO: Os intérpretes de Libras costumam se revezar durante eventos muito longos. Um profissional estenotipista consegue cobrir quantas horas de evento?

Alberto: Isso varia um pouco de estenotipista para estenotipista. É uma questão de resistência. Eu mesmo já legendei por oito horas seguidas, em um evento que acabou se estendendo (um caso atípico). Geralmente, revezamos a cada 3 horas para que o desgaste do profissional não prejudique a qualidade do seu trabalho.

DNO: Além da acessibilidade para pessoas com deficiência auditiva, as legendas podem ser disponibilizadas para outros fins, como documentação das atividades parlamentares ou conteúdo de sites?

Alberto: Sim, Lak. Além do Closed Caption e da Legenda em Tempo Real, que são recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência auditiva, a estenotipia também é utilizada para serviços de transcrição. Transcrever é registrar em texto todo e qualquer evento falado: entrevistas, coletivas de imprensa, cursos, treinamentos, palestras, reuniões, atividades parlamentares, entre outros.

DNO: Quais outros trabalhos a Real Time Caption oferece além da transcrição de eventos?

Alberto: A Real Time Caption oferece serviços de “Closed Caption” para emissoras de televisão, “Legenda em Tempo Real” para eventos e “Transcrição”. Como somos uma empresa de estenotipia, todos os serviços que oferecemos são executados por esta tecnologia.


Legenda também para quem ouve

Acho a legenda útil não apenas para quem tem deficiência auditiva. Estava nesse evento com minha amiga ouvinte Mary Golden, que é advogada e estava lá para aprender mais sobre a Lei Brasileira da Inclusão por razões profissionais. Ela tomou nota de tudo o que diziam e, várias vezes, se apoiou na legenda para confirmar se tinha anotado certo ou se distraiu e quis repassar algo que foi dito, provando que a legenda pode ser útil até para quem ouve.

Trouxe esse assunto para o blog, porque percebo que Legenda ao Vivo ainda é algo raro em eventos. Eu achava que a razão seria o preço do serviço, mas fiquei sabendo que não é o único motivo. Simplesmente a maioria das pessoas (incluindo aquelas que organizam eventos) desconhecem a necessidade desse tipo de acessibilidade. Acham que a Libras basta, porque tem a visão que todo surdo utiliza a língua de sinais. Esquecendo-se que existe diversidade, que pessoas ouvintes perdem a audição e passam a precisar de legendas. Que um surdo de nascença pode ser oralizado e ter pleno domínio do português.

E, por uma coincidência incrível do universo (ou não?) acabamos de ser informados que a Câmara Municipal de São Paulo irá incluir, a partir de agora, acessibilidade em todas as audiências públicas e eventos que acontecerem na Câmara: intérpretes de Libras, legendas ao vivo e audiodescrição. Para que todas as pessoas tenham condições de acompanhar os eventos. Para saber mais sobre isso, assista ao vídeo no Facebook da Vereadora Adriana Ramalho.

Beijinhos sonoros,

Lak Lobato

15 palpites

  1. obrigada pela informação. Em Portugal parece-me que isto é desconhecido…ou então sou eu que nunca ouvi falar disso cá.

  2. Enquanto isso aqui em Brasília, num evento promovido pelo Ministério Público Federal ano passado em comemoração ao Dia da Luta da Pessoa com Deficiência, não só não há esse tipo de acessibilidade, mas temos que aguentar um procurador da República contestando deficiência quando a pessoa usa prótese e ele acha que a pessoa deixa de ser deficiente! Graças a Deus pelo menos aí em SP existe órgão que promove de fato a acessibilidade, não se limita a cumprir mal e porcamente um protocolo exigido por lei.

  3. ÓTIMO LAK…e gostei de conhecer outra empresa que presta esse serviço.

  4. Será que posso exigir isso nos eventos como congressos e simpósios??? Seria muito melhor!!!

  5. Lak Lobato Lak Lobato disse:

    Você pode entrar em contato com alguns empresa na sua cidade que ofereça esse serviço, orçar e pedir para a organização do evento em questão.

  6. Marcos Becker Marcos Becker disse:

    Ariana Amorim Duanne Bomfim olha isso… Meu sonho chegar isso nas faculdades.

  7. Ariana Amorim Ariana Amorim disse:

    👏👏👏👏👏👏👏 verdade. . Vamos luta pra conseguir!!!

  8. Duanne Bomfim Duanne Bomfim disse:

    Marcos Becker e Ariana Amorim vamos formalizar este pedido para a Universidade, vale a pena tentar.

  9. Olha aí Cintia Casseta o aparelho que te falei.

  10. Gabriela disse:

    Lak, será que dá para esses profissionais trabalharem para os surdos na pós graduação, aos sábados?

    • Lak Lobato disse:

      Muito improvável que você consiga convencer a universidade a fornecer essa acessibilidade em sala de aula. Estenotipistas são raros no Brasil, o serviço deles é caro (é cobrado por hora) e não temos uma política de inclusão realmente eficaz, infelizmente.

  11. Beatriz disse:

    Muito legal e importante essa informação! Seria bem útil até para os surdos bilíngues e os congressos técnicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Emoticons Smile Grin Sad Surprised Shocked Cool Mad Razz Neutral Wink Red Face Cry Evil Twisted