Mapeamento novo do Implante Coclear = Deslumbramento sonoro inesperado

Pessoas,

ando super sem tempo (mas semana que vem volto ao normal, espero) para escrever posts decentes aqui no DNO (acho que até indecentes não rolaria, dado o meu cansaço), que vou apenas postar uma notinha rápida já postada no Facebook.

Mas, explicando… Desde que troquei o Nucleus Freedom pelo Nucleus 5, da Cochlear, só tinha feito o mapeamento de ativação, que foi apenas uma transferência de mapas (programação) adaptada ao aparelho, então, só conseguia perceber diferenças nas características individuais de cada aparelho, tipo, o N5 separa melhor o som instrumental da música da voz do vocalista.

Ontem, fui fazer o primeiro mapeamento específico do N5. Resultado: de deparei com um som novo e fiquei maravilhada haha

Aí escrevi uma nota sobre isso no Face:

Todo mundo que acompanha meu caso sabe que o primeiro som que eu me deliciei foi o barulhinho de uma garrafa de pepsi de 2L sendo aberta… Isso faz tempo, foi logo depois da ativação.
Hoje, dois anos e pouco depois, eu descobri que o próprio refrigerante faz barulho. Não sei se nunca tinha reparado ou se não tinha ouvido mesmo (estou com programação nova no aparelho Nucleus 5)… Meu, que susto que eu tomei, de ouvir o barulho do guaraná. Pensei “Nossa, mas o que é isso?”… E olhei pro copo e consegui perceber que o som vinha de lá. Acho até que a melhor parte é essa. Não apenas ouvir um som novo, mas saber de imediato o que se trata.
E meu longo caminho de retorno à percepção auditiva continua fantástico!
Eu AMO o Implante Coclear!!

Adoro essas (re)descobertas. O mundo fica muito mais completo quando o percebemos através de todos os sentidos!

Beijinhos sonoros,

Lak

2 palpites

  1. Mariana disse:

    E eu aqui, “como assim, o refrigerante faz barulho???” Que fantástico isso! Posso contar do meu?! Sexta-feira passada, eu estava preenchendo um formulário e uma pessoa que tinha acabado de conhecer veio me perguntar, “Qual seu orientador?”, e como eu estava preenchendo, estava de cabeça baixa, só levantei a cabeça para responder, pois entendi tudo de primeira e estava uma zoeira danada no local, o que foi uma surpresa para mim ter conseguido discriminar as palavras! :~

    Beijos, Lak!