Outras modalidades de implantes auditivos

tipos-implantes

 

Quando a gente fala em aparelhos de audição, vem a mente os aparelhos comuns. E, hoje em dia graças à divulgação massiva, o implante coclear. Porém, nem o AASI nem o IC são indicados para todos os tipos de perdas, já que a deficiência auditiva pode se dar mais de uma etapa da audição, pode ter diversos graus e pode se manifestar de várias formas. Por isso, existem vários tipos de próteses e implantes auditivos, para que praticamente todos os casos de deficiência auditiva tenham algum recurso, se ouvir for do interesse da pessoa com deficiência auditiva.

Nem todos estes sistemas estão disponíveis pelas empresas ou foram aprovados pela ANVISA para serem utilizados no Brasil. Alguns ainda estão em fase de testes.
Converse com seu otorrino para saber qual é a solução mais indicada para o seu caso.

Abaixo, uma breve explicação de vários tipos de implantes:

Sistema híbrido de estimulação eletroacústica (EAS)

Trata-se de um aparelho que possui antena como o IC e molde como o AASI. É um implante coclear que funciona simultaneamente como um aparelho auditivo convencional, estimulando a cóclea com sinais elétricos e a audição natural acusticamente.
Mais informações sobre o Implante Coclear Híbrido.

Nucleus 6 com Componente Acústico – Cochlear

Com o lançamento do Nucleus 6, exatamente o mesmo processador do implante coclear é capaz de funcionar como um implante híbrido.
Ver no site oficial (inglês)

Maestro EAS – Med-El

Atualmente é utilizado com processador o Sonnet EAS e o componente interno Synchrony EAS. Modelos antigos funcionavam com os componentes internos Sonata (de titânio) e Pulsar (de cerâmica) e os processadores externos Duet e Duet 2.
Ver no site oficial

 

Implante de Condução Óssea

Aparelho que transmite as ondas sonoras através de condução óssea diretamente para o ouvido interno, onde são processadas como som natural. É muito usado por quem tem surdez unilateral, pois o aparelho pode ser colocado no lado ruim e transmitir o som até o lado bom.

Baha – Cochlear

Atualmente o modelo Baha 4 é comercializado no Brasil. O modelo Baha 5 já é vendido no exterior e deve ser lançado por aqui em breve. Pode ser utilizado de três formas diferentes:

Baha Connect: Implante de condução óssea com pino externo.
Baha Attract: implante de condução óssea sem pino aparente. O aparelho externo é preso magneticamente.
Baha Softband: Uma espécie se tiara ou bandana permitindo que o implante de condução óssea seja usado sem necessidade de cirurgia. É comumente usado em crianças, que não podem fazer a cirurgia tão cedo ou para testar se o Baha é indicado para o caso.
Ver posts sobre o Baha
Ver no site da Politec

Bonebridge – Med-El

Utiliza o implante BCI, no qual o transdutor (componente que faz a vibração) é implantado sob a pele.
Atualmente é utilizado com o processador Samba. Antigamente era usado com com o Amadé.
Ver no site oficial

SoundBite – Sonitus Medical

Um curioso aparelho que não é realmente um implante e não necessita de cirurgia. O componente interno é colocado dentro da boca, como se fosse um aparelho dentário móvel. O usuário utiliza um AASI atrás da orelha, que processa o som e transmite para o aparelho interno que fará a vibração óssea nos dentes que chega ao ouvido interno.
Atualização: No começo de 2015 a Sonitus Medical fechou as portas e não se sabe se a tecnologia do SoundBite será transferida para outra empresa.

 

Implante Auditivo Tronco Cerebral (ABI)

A sigla vem do inglês “Auditory Brainstem Implant”. É indicado para casos em que a cóclea e o nervo auditivo não funcionam perfeitamente, principalmente quando há neurofibromatose tipo II. Nestes casos, os eletrodos são implantados diretamente o núcleo do nervo auditivo, localizado no tronco cerebral (na altura da nuca). O processador externo utilizado com este implante é exatamente o mesmo do implante coclear.
Veja post sobre o Impante Auditivo de Tronco Cerebral (ABI).

Nucleus 24 ABI – Cochlear

Compatível com os processadores Nucleus Freedom e Nucleus 6.
Ver imagens no site oficial

Digisonic’SP ABI – Neurelec

Funciona com os processadores Saphyr, Saphyr Neo, Digi’SPK.
Ver no site oficial (Portugal)

Maestro ABI – Med-El

Componente interno que funciona com o processador Opus 2.
Ver no site oficial (inglês)

 

Implante de Ouvido Médio

São chamados de aparelhos auditivos implantáveis ou AASI interno. Converte os sinais do ambiente em vibrações mecânicas que estimulam diretamente os ossinhos do ouvido médio.
Indicado para quem possui perda auditiva neurossensorial leve a severa, bem como na perda auditiva condutiva ou mista.

Vibrant Soundbridge – Med-El

Atualmente utiliza o componente interno VORP/FMT e o processador externo Samba. Antigamente era usado com com o Amadé.
Ver no site oficial

Carina – Cochlear

É um sistema auditivo totalmente implantável, ou seja, o processador e o microfone são implantados por meio de um cirurgia, sem a necessidade de uso de um aparelho externo.
Veja post sobre o Carina
Ver no site da Politec

Esteem – Envoy

Aparelho totalmente implantável que fica ligado o tempo todo através de uma bateria que dura anos. Não possui nenhum componente externo.
Ver site oficial (inglês)

 

Implante Binaural

O implante binaural tem funcionamento similar a um implante coclear bilateral, porém ambos os lados são conectados. Para reduzir custos, o componente interno implante possui apenas uma antena e dois feixes de eletrodos, um para cada cóclea. Ele possui um processador externo em apenas uma das orelhas conectado com fios à antena e a um microfone que fica atrás da outra orelha.

Digisonic’SP Binaural – Neurelec

Funciona com o processador Saphyr que futuramente será atualizado para o Saphyr Neo, ainda não lançado no Brasil.
Ver no site oficial

*  A Advanced Bionics possui um recurso chamado de Binaural para o implante coclear bilateral, no qual o usuário pode transmitir o som do processador de um lado para o outro. Porém não se trata de um implante binaural.

Post atualizado em 13/09/2015.

Beijinhos sonoros,

Lak

5 palpites

  1. Patricia disse:

    Sou do Team Baha! 🙂

  2. Michele Assad Michele Assad disse:

    Parabéns Lak Lobato por resumir informacoes preciosas pra nós!!!!!!

  3. Cinthia Gabriele disse:

    Acho que o binaural seria indicado para mim, já que tenho perda profunda bilateral. Sabe se o SUS fornece essa opção?